Motoristas de São Paulo poderão adesivar seus carros com propagandas e ganhar até R$ 2.000 mensais. A iniciativa é da startup Carlicity, que começou a cadastrar os primeiros interessados em junho.

“O motorista não precisa mudar em nada a sua rotina de rodagem e a remuneração é por quilômetro rodado”, diz o fundador, Pedro Borges.

A intenção é encontrar motoristas com perfis diferentes de veículo e de rodagem, já que cada anunciante tem uma estratégia publicitária distinta. A remuneração é computada com base na quilometragem e locais em que o carro costuma passar.

“Em apenas 15 dias do lançamento do site, alcançamos 10.000 cadastros e até o final do ano o objetivo é chegar a 500.000 motoristas”, afirma Borges.

A adesivagem irá ocupar uma área inferior a 40% do veículo, para não infringir a legislação do Contram, que determina que adesivagem ou pintura em àrea superior a 50% do carro configura mudança de cor, sendo necessário alterar o registro no Detran.

De acordo com a Carlicity, o projeto irá começar nas grandes capitais do Brasil e será expandido conforme haja interesse.

FONTE: EXAME